Governo de SP seleciona empresas para despoluir o Rio Pinheiros

Governo de SP seleciona empresas para despoluir o Rio Pinheiros

Sonia Racy

18 de junho de 2019 | 00h55

PINHEIROS FOTO: HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO

PINHEIROS FOTO: HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO

Pinheiros limpo

Os consórcios Soebe-FBS e Pinheiros 14 acabam de ser selecionados, pelo governo paulista, para despoluir o Rio Pinheiros. O pregão foi promovido, na quinta-feira – e a tarefa é retirar do fundo do rio 500 mil metros cúbicos de resíduos.

Projeto no qual o Estado aplicará cerca de R$32 milhões.

Pinheiros 2

A meta é mais ampla. Inclui novas estações de tratamento de esgoto e projetos paisagísticos – entre eles o Pomar, que prevê, numa próxima fase, o plantio de 30 mil mudas nativas da mata atlântica.

Com ressalvas

A pendência é antiga… e voltou a acontecer. Auditoria criada pelo TCU para avaliar as demonstrações contábeis do Ministério da Fazenda esbarrou na dificuldade de acesso aos dados da Receita. Resultado: o tribunal emitiu relatório em que se absteve de dar uma conclusão geral.

Assim saiu, ontem à noite, uma aprovação “com ressalvas” que deixa em suspenso um total de 37% do ativo – coisa de R$ 1,2 trilhão.

Prestando contas

Volta à cena, na Assembleia, a antiga polêmica sobre os gastos das universidade publicas paulistas com pessoal. Amanhã, a CPI das Universidades Públicas ouve o reitor da Unesp, Sandro Valentini. Semana que vem falam os da USP, Vahan Agopyan, e da Unicamp, Marcelo Knobel.

O “outro lado” já deu seu recado. O secretário do Tribunal de Contas do Estado, Sergio Rossi, analisou contas e gastos das três universidades nos últimos oito anos.

Domingo cheio

Mais de 70 cidades já aderiram à manifestação marcada para o dia 30, no País, pela reforma da Previdência. Na operação esquenta, a Organização Nacional dos Movimentos, que reúne grupos como o VPR, visita os gabinetes dos deputados, na Câmara, para pressioná-los a passar o projeto antes do recesso.

Pesquisa segura

Boa notícia para os pesquisadores profissionais do País. Acaba de passar em comissão da Câmara norma que lhes garante o direito de fazer estudos com qualquer substância ou produto – por exemplo, psicotrópicos – sem medo de que alguém os acuse de incitação ao crime.

Top de museu

É hoje a decisão, em Copenhague, na Dinamarca, do Grand Prix de Exposições Temporárias. Na qual o Museu do Amanhã, do Rio, concorre na final com os de Bruxelas e de Boston, pela exposição mais criativa.

A mostra brasileira que concorre é Pratodomundo – Comida para 10 bilhões — que desde abril já foi vista por 56 mil pessoas.

Time de peso

Emicida, Pabllo Vittar e Majur se reuniram no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, para gravar o videoclipe da música AmarElo, que será lançada no dia 25.

Essa é a faixa-título do próximo projeto de estúdio do rapper paulista, previsto para o segundo semestre.

Democrático

A Parque Ibirapuera Conservação pediu aos internautas que mandassem na sexta-feira, ao conselho gestor do parque, sugestões para melhoria do local.

O que pretendem? Levar à Prefeitura ideias para uma montagem mais participativa do Plano Diretor do parque. O que significa que seja debatido cada ponto específico – como paisagismo, infraestrutura etc. – em fóruns entre técnicos e integrantes da sociedade civil.

Leia mais notas da coluna:
+ ‘Eleitores não entendem o devido processo legal’, diz Cláudio Couto
+ Ativistas comemoram decisão da UE de desestimular biodiesel de óleo de palma

Tendências: