Governo Bolsonaro não tem intenção de privatizar a Caixa

Sonia Racy

27 Novembro 2018 | 01h00

JAIR BOLSONARO

JAIR BOLSONARO. FOTO: IGO ESTRELA/ESTADÃO

O governo Bolsonaro, segundo se apurou com fonte credenciada, não tem intenção de privatizar a Caixa Econômica. Entretanto, tem como objetivo trabalhar para “abrir” algumas empresas “em baixo”.

O que quer dizer isso? Em um primeiro momento – como o blog da coluna adiantou ontem no Broadcast –, pretendem montar IPOs tanto na Caixa Seguridade como na Caixa Cartões. Vão abrir o capital dessas estatais.

Os moldes, ainda segundo a mesma fonte, serão parecidos com o que se deu na BB Seguridade, em 2013, e na BR Distribuidora, em 2017. Ambas operações permitiram maior governança corporativa nas duas empresas de seguros.

Hoje, a BB Seguridade é a empresa listada em bolsa. No futuro, será a vez da Caixa Seguridade. Diferença grande a ser registrada: a BB Seguridade é dona de 100% da corretora. E a Caixa Seguridade tem só 12% da corretora.

Leia mais notas da coluna:
‘São 70 mil eleitos, será que nenhum presta?’, pergunta diretora da Raps
Bancos alertam contra roubo de celular