Golpe do anel

Sonia Racy

02 de maio de 2010 | 06h01

O novo golpe contra turistas, em Paris, é o do anel. O golpista se abaixa, diz ter achado um anel de ouro e o dá à vítima. Recusado, insiste, avisando que sua religião não permite usá-lo – mas pede algum em troca.

Que trabalhão. Aqui é bem mais direto.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: