Gol contra

Sonia Racy

02 de julho de 2010 | 18h21

Mais um problema para o Comitê Olímpico Brasileiro resolver. O Ministério Público Federal abriu novo inquérito para investigar gastos irregulares com a campanha que elegeu o Rio como sede das Olimpíadas de 2016. O documento do MPF revela que o COB recebeu do Ministério dos Esportes mais de R$ 44 milhões.

Existe também uma outra denúncia sobre uso indevido de verba com festa de fim de ano em 2009.