Goddess

Redação

16 de dezembro de 2008 | 06h00

Não adiantou convocar um meteorologista às 3 da tarde do domingo e, sabendo que iria chover forte às 22 horas, antecipar o show para as 20 horas. Tampouco fez efeito rezar a Cabala, de mãos dadas com o governador Sérgio Cabral e sua mulher Adriana pouco antes de entrar para fazer o show. Na “bênção”, Madonna pediu pela sua equipe e pelo Rio de Janeiro. Mas deve ter se esquecido de São Pedro.

E, esquecido que foi, fez descer dos céus a sua “ira”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.