Glovo expande serviço para o litoral

Glovo expande serviço para o litoral

Sonia Racy

30 Dezembro 2018 | 00h15

Bruno Raposo/ Foto:Alan teixeira

Criada em Barcelona em 2015, a startup de entrega Glovo – concorrente da colombiana Rappi – chegou em São Paulo em fevereiro de 2018 e já está presente em 17 cidades brasileiras. Agora, porém, a expansão vai contemplar cidades litorâneas cuja população aumenta drasticamente durante o verão, segundo Bruno Raposo, gerente nacional da empresa no Brasil. O serviço chega a três cidades litorâneas paulistas – Praia Grande, São Vicente e Guarujá –, além de Olinda (PE).

Nessas cidades, estabelecimentos como restaurantes, supermercados e farmácias não precisam dimensionar seus serviços de entrega para a alta temporada. “É um momento de alta ocupação sazonal”, explicou Bruno. “A população de algumas dessas cidades aumenta em dez vezes.” Ele aposta que a chegada do serviço vai beneficiar os turistas, os estabelecimentos locais e os moradores interessados em fazer bico como entregador. “Quem é de uma dessas cidades e gostaria de ganhar um dinheiro a mais nesse período pode se cadastrar como entregador da Glovo”, disse Bruno. No interior, a expansão da startup chega a Guarulhos e Osasco.