Girl power

Sonia Racy

22 de julho de 2014 | 01h01

Aumentar o porcentual feminino em postos de liderança em cinco anos e corrigir a desigualdade salarial entre homens e mulheres em cargos idênticos foram algumas das propostas apresentadas no 1º Fórum de Mulheres Líderes – que reuniu empresárias brasileiras, semana passada, no Caribe.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: