Gilberto Gil condena uso de sua imagem em posts que convocam para ato hoje

Gilberto Gil condena uso de sua imagem em posts que convocam para ato hoje

Sonia Racy

18 de março de 2016 | 15h39

Gilberto Gil usou suas redes sociais para condenar o uso indevido de imagens suas convocando a população para a manifestação de hoje. Segundo a equipe do músico, Gil teve alta depois de doze dias internado e não se manifestou sobre o momento político do Brasil.

Em seu Instagram, publicou uma nota afirmando “defendemos o direito de que todos podem  lutar por um país melhor, mas além de imoral e antiético, aproveitar-se da imagem de um cidadão, quem quer que ele seja, para divulgar causas próprias, associando-a a declarações mentirosas com o intuito de incitar o ódio, gerar discórdia e revolta, constitui crime de injúria e difamação e possível punição”.

O músico informa que, no momento atual, se dedica a preparar a turnê #doisamigosumseculodemusica 2016.

 

gilllll

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.