Gerentonas

Sonia Racy

24 de novembro de 2013 | 01h01

Quando o assunto é gerenciar, as executivas brasileiras são líderes globais. Conclusão de pesquisa da Robert Half com 1.775 diretores de RH de 13 nacionalidades, a ser divulgada esta semana.

Em cerca de 30% das empresas do País, mais da metade dos principais cargos é ocupada por executivas – ante 11% da média mundial.

Só falta, agora, equiparar o salário delas com o deles.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: