Ganha-ganha

Sonia Racy

15 de novembro de 2011 | 23h10

Edson Aparecido intercedeu e a Superintendência do Trabalho Artesanal, de Soninha Francine, sai do Cidade 1. Vai ganhar vitrine mais charmosa, em uma casa do Parque da Água Branca.

A mudança interessa ao braço-direito de Alckmin, que está de olho no atual espaço da Sutaco para expandir sua Secretaria de Desenvolvimento Metropolitano.

Ganha-ganha 2
Apesar da aliança “à la Granero”, Soninha adianta: não tem pretensão de sair do páreo municipal para apoiar um candidato tucano. “Quero ser prefeita, e o PPS pretende ter candidatura própria. Só aceito uma secretaria se não for eleita”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: