Galisteu na Band: ‘Eu quero ao vivo’

Galisteu na Band: ‘Eu quero ao vivo’

Redação

06 de novembro de 2008 | 18h57

Fotos: Luciana Prezia/AE
Galisteu na Band

Passava um pouco da uma tarde quando a Land Rover de Adriane Galisteu – ela ao volante – chegou na sede Band. Depois um longo e tenebroso inverno, finalmente a loira oficializou a saída da geladeira do SBT. Galisteu e seu agente, Sergio Dantino, foram recebidos por Otávio Mesquita e uma bandinha, que foi logo levantando a faixa: “Bem vinda Dri”.

Amigo desde outros carnavais, foi Otávio quem levou a apresentadora para conhecer a nova casa. Enquanto Dantino acertava com o vice – presidente Marcelo Meira detalhes do contrato de dois anos – o valor é segredo, ainda – ela foi dar um giro pelo quarto andar, onde fica a diretoria.

Sem cerimônia, roubou o microfone do amigo e saiu toda serelepe fazendo perguntas a quem viu pela frente. Antes de ir embora, deu uma passada na sala de Johny Saad, presidente do canal, onde ficou por cerca de 20 minutos. Na saída, Marcelo Meira não resistiu: ” Adriane é uma paixão antiga”. Ela retribuiu, mas com um recado. “Estou colocando minhas fichas nesse projeto. Só gostaria que fosse ao vivo”. O programa de Adriane será diário, noturno e no horário nobre da emissora – por volta das 22hs.

Por fim, um último pedido da moça. “Eu adoraria cobrir o Band Folia, em Salvador…”

Por Pedro Venceslau

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.