Fundo de US$ 30 bi seia responsável por metade do movimen contra real

Sonia Racy

19 de março de 2019 | 00h55

A posição futura dos fundos estrangeiros, na B3, em dólar, era de US$1 bilhão – categoria “vendidos” no fim de janeiro. Para, na quinta-feira passada, se reverter registrando US$ 8 bilhões em comprados, conforme antecipado pela coluna na Broadcast.

Especula-se que um certo fundo, de US$ 30 bilhões, seria responsável por metade do movimento contra o real Leia mais notas da coluna: + Guedes vê democracia sólida + Bruno Setúbal é sorteado no Nota de R$ 1 milhão da Prefeitura