Fundo de endowment de sustento do Masp tem boa receptividade mesmo antes de sua criação

Sonia Racy

16 de setembro de 2017 | 00h50

MASP

MASP. FOTO: TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

Mesmo ante a crise econômica, o fundo de endowment que está sendo criado para sustentar o Masp tem tido boa receptividade. Segundo Alfredo Setubal, conselheiro do museu, as cartas-convites emitidas foram respondidas positivamente. “ O objetivo é conseguir R$40 milhões”, explica o presidente da Itaúsa.  Esse tipo de fundo é alimentado por doações. E parte do seu rendimento é gasto para manter a instituição em questão, permitindo estabilidade financeira ao longo do tempo. É como se sustentam museus como o Metropolitan e MoMA, de NY.

Do bem

Vai ter jantar e leilão de vinhos em benefício da Sitawi Finanças do Bem – organização criada para alavancar as finanças sociais no Brasil. A ONG tem como embaixador Arminio Fraga.
O evento acontece terça-feira, no Parigi do Cidade Jardim. Serão vendidos 29 lotes como algumas raridades como Chatêau Mouton Rothschild 1978 e 1985, Chatêau Haut-Brion 1994 e 2001, José Duarte d’Oliveira Quinta do Sibio 1892, Chatêau Margaux 1980, entre outros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.