Fumacê

Sonia Racy

01 de novembro de 2011 | 23h07

A respeito da flexibilização das leis anti-fumo, a Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas questiona: o governo pretende compensar a indústria do tabaco onerando ainda mais a saúde pública?

Números oficiais: o fumante passivo custa R$ 37 milhões por ano aos cofres da União. Até o fim de 2011, o Ministério da Saúde destinará outros R$ 45 milhões a programas que ajudam quem deseja parar de fumar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: