Frango salva a lavoura

Redação

18 de março de 2009 | 06h00

Enquanto se discute a união da Sadia com a Perdigão, as empresas continuam andando. E bem. Segundo Nildemar Secches, da Perdigão, as exportações da empresa voltaram em março.

Como assim? “O frango, em tempos de crise, tem lugar garantido, pois sai mais em conta que a carne”, explica.
O mesmo confirmou ontem Walter Fontana, lembrando que o mercado interno também está- como diria Dilma, nesta sua nova fase – “bombando”…

Sobre as negociações entre as empresas, nenhuma palavra. Independente de a fusão sair, é certo que ambas têm sinergia gigante. Tanto que esta é a quinta vez que se tenta uní-las para serem a Nº 1 do mundo.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.