Força total

Sonia Racy

28 de novembro de 2011 | 23h02

O Procon-SP não gostou das regras da Aneel para tarifas diferenciadas em horário de pico. E pediu esclarecimentos. ParaPaulo Arthur Góes, do órgão de proteção, “a falta de investimentos na rede elétrica não pode onerar ainda mais os consumidores”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: