Folga folgada

Redação

15 de maio de 2009 | 07h58

Não há nada no regulamento que impeça e a servidora federal Mônica Alves tirou sua 13ª licença médica desde 2003. Lotada no aeroporto de Brasília, a ex-mulher do líder do PMDB na Câmara, Henrique Alves, consta da lista das possíveis demissões da Infraero.

Pelo jeito, como não pode ser demitida durante sua licença… de licença ficará.

Veja também:
mais imagensSP arte Feira Internacional de Arte de São Paulo tem abertura no pavilhão da Bienal, no Ibirapuera
mais imagensCasa Fasano recebe o evento Fashion Rocks
documentoOutras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.