Fôlego

Sonia Racy

25 de novembro de 2015 | 01h40

A prisão de José Carlos Bumlai teve um efeito colateral no Congresso. Ela deu novo ânimo aos oposicionistas na CPI do BNDES – que, para muita gente, já começava a se transformar em pizza.

Se o pecuarista permanecer preso, ganha força a ideia de prorrogar a investigação.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.