Fôlego

Sonia Racy

31 de outubro de 2013 | 01h16

Enquanto a CGU não bate o martelo sobre a inidoneidade da Técnica Construções, a subsidiária da Delta de Fernando Cavendish continua disputando – e ganhando – licitações País afora.

Terça, a empresa foi a mais bem colocada em duas concorrências na BR-476, no Paraná. Valor? R$ 200 milhões.

Fôlego 2

E hoje, em São Paulo, sai o resultado da licitação para obras da Secretaria de Saneamento na bacia do rio Tietê – orçada em R$ 2 bilhões.

A Técnica, uma das integrantes do consórcio Acqua, é cotadíssima para vencer.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.