Foi ele

Sonia Racy

22 Julho 2015 | 01h08

Silvio Santos tentou disputar a Presidência em 1989 mas o TSE o impediu por entender que sua legenda, o Partido Municipalista Brasileiro, não tinha feito convenções no mínimo de nove Estados.

Quem descobriu a falha? Um então desconhecido assessor da campanha de Fernando Collor, indicado por PC Farias – o economista e radialista Eduardo Cunha.