Flor de ministra

Redação

25 Setembro 2008 | 08h52

Paulo Bernardo apareceu com uma rosa na última reunião da comissão interministerial do pré-sal.

Era um mimo para Dilma Rousseff, que estranhou: “Ô Paulo Bernardo… para que essa flor?” Ao que Edison Lobão emendou: “Como é que eu não pensei nisso antes?” José Gabrielli, da Petrobrás, só olhou.