Fica, vai

Sonia Racy

19 de junho de 2012 | 01h03

Filas gigantes de mais de duas horas, a edificação será desmontada sexta-feira. Possibilidade de prorrogação? “A Tour Eiffel foi construída para ser provisória”, lembrou à coluna, enigmático, o prefeito Eduardo Paes– o Rio é um dos patrocinadores.

Ao que rebate Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, da Firjan, responsável (com a Fiesp) pela ideia. “Tenho aqui mais de cem funcionários da federação. Se não voltarem pra lá, eu fecho.” A torcida para que ela se estenda é grande.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.