Fiado só amanhã

Redação

08 de fevereiro de 2009 | 06h00

O Ecad, que defende direitos autorais dos artistas, ganhou na Justiça uma antiga queda de braço com as rádios comunitárias. Elas queriam ficar isentas de pagar pelas músicas que tocam, alegando que sua atividade não visa ao lucro.

Pagam assim mesmo, decidiu o juiz Maurício Campos da Silva Velho, da 16ª Vara Cível de São Paulo.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.