Festa no Copa

Sonia Racy

28 de novembro de 2015 | 01h55

O prêmio Men Of The Year de 2015, da revista GQ , na verdade foi para a novela do ano, Verdades Secretas. Pelo menos quatro integrantes da trama foram homenageados na festa do Copacabana Palace, anteontem, no Rio. O autor, Walcyr Carrasco, levou a estatueta na categoria Televisão e já avisou que seu próximo trabalho, Eta Mundo Bom, é um tema leve – o oposto da novela das 23 horas. Grazi Massafera, a mulher do ano, ganhou poema de João Vicente de Castro, mestre de cerimônias ao lado Bruno Gagliasso, ao receber seu troféu.

No palco, a loira tirou da bolsa um spray e passou no cabelo de Gagliasso – e aproveitou para citar a L’Oreal, da qual é garota propaganda. Já Reynaldo Gianecchini ganhou como mais estiloso do ano. Questionado se calou os críticos com as fortes cenas do folhetim, disse que já não trabalha pensando nisso.
Animada, a dupla de apresentadores não perdia uma piada. A altura de Bruno foi comparada à situação do Brasil. “Este é um ano de crise. Tivemos que economizar no apresentador. Este ano não tem cachê, é panetone para a produção”, brincou João Vicente. Diferentemente dos colegas mais famosos, a atriz estreante Agatha Moreira não pôde comentar os próximos passos, mas adiantou que será musa da Vila Isabel no carnaval. Quando os Paralamas do Sucesso subiram para receber o prêmio pelos 30 anos de carreira, Herbert Viana surpreendeu a plateia com seu silêncio. Já no palco, o cantor lembrou os velhos tempos.

Guga Kuerten também estava entre os homenageados – pela ação social do instituto que leva seu nome. Com um discurso bem político, o tenista não descarta envolver-se nessa área, mas diz não se sentir ainda preparado para entrar num partido. Sobre a Olimpíada, Guga, que faz parte do comitê olímpico, disse ter começado um projeto para o tênis há uns três anos atrás, mas o negócio não evoluiu “por falta de incentivo e liberdade para agir”. / SOFIA PATSCH