Festa do capitão

Sonia Racy

04 de dezembro de 2010 | 23h04

Se der Fluminense hoje no Brasileirão, Carlos Alberto Torres, capitão da Copa de 70, terá dupla comemoração. Uma pelo time, onde começou sua carreira. Outra, amanhã, com seus ex-companheiros da seleção tricampeã, que serão homenageados pelo Prêmio Craque do Brasileirão – comandado por Zé Maurício Machline. Quem também participa da festa da CBF é Lula, torcedor número 1 do Corinthians.

Mesmo se o time do presidente não levar o caneco, ele verá Ronaldo Fenômeno e o clube centenário serem homenageados na mesma noite.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: