Feitiço torto

Sonia Racy

17 de março de 2010 | 08h21

Antonio Augusto Coelho, advogado, sofreu revés na ação que move contra a Bombril, da qual está cobrando cerca de R$ 38 milhões em honorários.

Acaba de ser condenado a pagar R$ 4 milhões ao escritório de advocacia que o sucedeu na representação de Ronaldo Sampaio Ferreira, atual controlador da empresa.

Tendências: