Fechado

Sonia Racy

14 de outubro de 2014 | 01h10

Responsável pela coordenação da campanha de Dilma em SP, o presidente do PT no Estado, Emídio de Souza, considera que avaliar o cenário pré-segundo turno, hoje, é prejudicial. “Buscar culpado agora é ir contra o PT e a Dilma. Não farei isso”, ressalta.

Ele só se pronunciará sobre o assunto depois do dia 26.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: