Temer põe general no comando da Olimpíada

Sonia Racy

27 de julho de 2016 | 00h50

Depois de alguns ruídos de comunicação, Temer decidiu que a Olimpíada, no Rio, vai ser comandada por Sérgio Etchegoyen, do Gabinete de Segurança Institucional. Que será o encarregado, por 81 dias, de coordenar as ações de segurança do evento, de que participarão 88 mil homens.

A escolha do presidente em exercício, confirmada à coluna por alta fonte do Planalto, joga por terra as “candidaturas” de dois ministros civis: Alexandre de Moraes, da Justiça, e Raul Jungmann, da Defesa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.