Fará falta

Sonia Racy

14 de dezembro de 2012 | 01h10

Depois de quatro anos no cargo, Armínio Fraga deixará, em abril, a presidência do conselho da BM&F.

Razão? Agenda apertada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.