Fantasmas

Sonia Racy

17 Dezembro 2014 | 01h06

Auditoria feita pela nova direção do SPAC – conhecido como “Clube dos Ingleses” – comprovou fraude que durou mais de sete anos e provocou rombo superior a R$ 660 mil.

Os responsáveis, cujos bens já estão bloqueados, transferiam valores para pagar salários de funcionários fictícios.