Faltou combinar…

Sonia Racy

15 de maio de 2014 | 01h05

Guilherme Afif tem dito a interlocutores não ser nada favorável à possibilidade de Kassab desistir da candidatura pelo PSD e aceitar a vice de Alckmin. “Eles destruíram todas as pontes e agora querem vir a nado”, responde Afif a quem pergunta sobre a aliança com os tucanos.

Faz referência a 2011, quando, após a fundação do PSD, o governador arquitetou sua saída do secretariado. Acumulava, à época, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e o cargo de vice-governador. Agora, espera Kassab bater o martelo para marcar tête-à-tête.

…com os russos

Faz um ano, aliás, que Afif não pisa no Bandeirantes – desde que assumiu a Secretaria da Micro e Pequena Empresa. Embora ainda formalmente no governo Alckmin, seu gabinete está às moscas.

Todos os seus pertences foram retirados. E ninguém tem coragem de ocupar a sala.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: