Falta só parecer da PGR para julgar ação sobre delações

Sonia Racy

01 de setembro de 2017 | 00h58

MARCO AURÉLIO MELLO

MARCO AURÉLIO MELLO. FOTO: CARLOS HUMBERTO/STF

Marco Aurélio Mello já combinou com Cármen Lúcia: a ação que tenta impedir a PF de negociar delações, que o ministro relata, será julgada o mais rápido possível. O que falta? Um parecer da PGR sobre o assunto.

Sinais enviados pelos ministros da corte indicam que a PF vai ganhar a briga.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.