Falha deles

Sonia Racy

18 de março de 2010 | 08h51

Patrus Ananias está inconsolável. Um erro banal causou o cancelamento – que será divulgado hoje – de 86.963 benefícios do Bolsa-Família.

Trata-se de cadastros que não informaram, no devido campo, os nomes das escolas onde estudam os filhos.

O Ministério do Desenvolvimento diz ter feito tudo para impedir que os beneficiários tivessem problemas. Desde julho, mandou extrato bancário com advertência em letras garrafais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.