Fala de Marcello Miller em CPI causa estranheza a criminalistas

Sonia Racy

01 Dezembro 2017 | 01h01

MARCELLO MILLER

MARCELLO MILLER. FOTO: ALEX LANZA/MP-MG

Declaração de Marcello Miller, dada em CPI, causou estranheza a criminalistas. O ex-procurador disse ter achado graça ao ver jornais se referirem a ele como braço direito de Janot. “Nunca fui”, garantiu. Segundo advogados, Miller era essencial para coordenar a Lava Jato e conduziu quase todas as delações que tramitaram na PGR.

Leia mais notas da coluna:

+ Há conversas para que Nelson Jobim aceite ser vice de Lula

+ Deputado da tatuagem ignora ação de Wagner Moura e outros artistas