Extremos da mesma moeda

admin

23 de janeiro de 2009 | 06h00

Os sem-terra querem conversa com os quartéis. Disposto a engrossar a campanha pela estatização do petróleo da camada de pré-sal, o MST imagina que muitos setores nacionalistas, dentro do meio militar, devem aprovar a ideia – e vai pedir apoio deles para a causa.

Por enquanto, o que há de comum entre os sem terra e militares é que ambos sabem viver em barracas. E nenhum é essencialmente agrícola.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.