Exemplo?

Sonia Racy

23 de julho de 2014 | 01h04

Enquanto o Brasil vive a troca de treinador na seleção – com altas taxas de desaprovação ao retorno de Dunga–, os ingleses estão com Roy Hodgson e não abrem.

Mesmo após a campanha pífia do English Team na Copa (caiu na primeira fase), 73% dos pesquisados pelo instituto Ipsos Mori querem que ele continue à frente da equipe.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: