Estudo conclui que ‘legado’ da Copa prejudicou moradores pobres do Itaquerão

Sonia Racy

31 de maio de 2016 | 11h45

Um estudo sobre o legado da Copa do Mundo para a população
de São Paulo, apresentado na Unicamp, mostra que, ao invés de benefícios, muitos moradores da região do Itaquerão, estádio do Corinthians… saíram perdendo.

Motivo? É que as obras valorizaram aquela área, encareceram os imóveis e serviços e os moradores mais pobres tiveram de sair para uma “nova periferia”, mais distante.

O fenômeno é mencionado em trabalho apresentado na Unicamp que ouviu, além da população local, comerciantes, urbanistas, corretores de imóveis e gestores públicos, entre outros. O autor, engenheiro André Overa, avaliou outras obras na área metropolitana, menciona benefícios mas adverte que, em muitos casos, a melhora não tem muito a ver com o que os moradores mais queriam e precisavam.