Peça canadense denuncia injustiça social por trás da Olimpíada

Peça canadense denuncia injustiça social por trás da Olimpíada

Sonia Racy

31 de agosto de 2016 | 10h00

diretor luciano

Em tempos de jogos Olímpicos, o diretor Lucianno Maza, estreia em São Paulo o espetáculo Kiwi, do canadense Daniel Danis.

A peça, que já foi sucesso em países como Alemanha, México, França, Bélgica, Argentina, Uruguai, Hungria e Canadá, é claro, conta a história de uma menina abandonada por sua família depois de terem sido expulsos de uma região pobre onde moravam para a construção de uma Vila Olímpica.

O texto promete mostrar o lado mais obscuro de uma Olimpíada,  com prostituição infantil, uso de drogas, roubos e até assassinato.

A estreia é dia 1 de outubro, na Sala Experimental do Teatro Augusta.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: