Estratégia

Sonia Racy

17 de janeiro de 2012 | 23h07

Bruno Covas pegou todo mundo no contrapé ao sugerir 2º turno nas prévias do PSDB durante o debate de anteontem. Andrea Matarazzo rejeitou prontamente: “A regra já está definida, não dá para mudar no meio do caminho”. Ricardo Tripoli não quer nem ouvir falar do assunto. Zé Aníbal afirmou que precisava de tempo para pensar.

Já  Julio Semeghini, presidente municipal da legenda, disse que, apesar de as prévias em turno único já estarem aprovadas pela executiva, terá de levar a sugestão ao diretório.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.