Estranha, a vida

Sonia Racy

26 de junho de 2015 | 01h06

Entre leigos, a curiosidade era uma só ontem: qualquer pessoa pode pedir um habeas corpus preventivo em nome de outra? Segundo o criminalista Eduardo Muylaert, sim. “Mas, para subir a instâncias superiores, o pedido precisa da autorização do chamado paciente”, explica.
 
No caso de Lula, o ex-presidente sequer chegou a ser consultado sobre o assunto. A decisão sobre o HC saiu ontem mesmo: o TRF da 4ª Região arquivou a iniciativa.
 
Inventivo 
 
Mauricio Ramos Thomaz, o cidadão que pediu o HC, expõe uma grande foto com uma águia num galho de arbusto… no fundo do mar. Em seu perfil no Facebook.
 
E no pedido feito à Justiça chama Lula de “vítima perfeita do imperfeitíssimo Sergio ‘futuro do pretérito’ Moro”.