Estômago

Sonia Racy

10 de novembro de 2012 | 01h10

Na quinta, um dia depois de protagonizarem briga feia no plenário do STF, Marco Aurélio Mello e Joaquim Barbosa só queriam saber de… doçura.

É que Mello mantém um pote de balas nas sessões. E adivinhem quem pediu para adoçar a boca?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.