Estilista inaugura ateliê nos Jardins e diz não acreditar em liquidação para seu negócio

Estilista inaugura ateliê nos Jardins e diz não acreditar em liquidação para seu negócio

Sonia Racy

07 Janeiro 2018 | 00h41

Foto: Iara Morselli/Estadão

Flavia Brantt começou sua carreira na moda há nove anos, desenhando camisetas com motivos de santos e santas para uma marca que tinha com sua prima. Após um ano de sociedade, a estilista resolveu seguir carreira solo e fundou sua marca homônima, também focada no mesmo tema. “Na época, as camisetas viraram peça desejo e fui procurada por diversas multimarcas do Brasil. Há quatro anos comecei a focar mais na alfaiataria, que virou minha marca registrada de agora”, explica a estilista, que tem passagem pela Central Saint Martins, em Londres, onde estudou moda. No fim do ano passado, Flavia realizou o desejo de abrir seu próprio ateliê, nos Jardins. “Faço coleções cápsulas, duas peças de cada modelo, quando acaba, acaba. Também não entro em liquidação por considerar minha moda atemporal.”