Estágio

Sonia Racy

21 de novembro de 2015 | 01h12

Deve dar polêmica, na Assembleia, o recém-chegado projeto de Alckmin que reformula a Corregedoria de Fiscalização Tributária da Fazenda, agora chamada de Corfisp.

Um dos motivos é que, pelo texto, o novo órgão deverá trocar todo ano 25% da equipe, limitando a quatro anos a passagem de cada corregedor pela função. Esse revezamento, segundo muitos deles, diminui a eficácia das investigações e traz insegurança.

Ao que consta, os parlamentares já apresentaram pelo menos 30 emendas ao projeto.

Tendências: