Estaduuuucho

Sonia Racy

24 Junho 2011 | 23h08

Revelação significativa de Yoshiaki Nakano, em debate fechado, ao falar sobre gastos públicos. Contou ali que, na época em que foi secretário da Fazenda de Mario Covas, chegou a contratar a FGV para fazer uma radiografia da pasta. O resultado chocou: tudo funcionaria com somente 10% dos servidores existentes, se o padrão de comparação fosse a iniciativa privada.
A análise foi engavetada visto a dificuldade de se demitir no setor público. Dúvida cruel: se isso acontecia na mais bem equipada secretaria estadual do País…