Estados buscam saída própria para déficit da Previdência

Sonia Racy

13 de outubro de 2019 | 10h18

 

O vice Rodrigo Garcia e o secretário Henrique Meirelles se reuniram anteontem para os acertos finais na reforma da Previdência dos servidores paulistas. Doria deve mandar o texto para a Assembleia após o dia 22 – quando o Senado espera concluir a votação da reforma no âmbito federal.

SP não está só. Em Goiás, Ronaldo Caiado já acionou a Assembleia. Em Pernambuco, Paulo Câmara decidiu usar uma lei de 2013 que prevê uma previdência paralela.

Em Minas também 

Em Minas, na mesma linha, Romeu Zema levou anteontem aos deputados o programa de recuperação financeira – que inclui a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal e a desestatização da Codeminas.

Todos eles convencidos de que a PEC paralela que tramita no Congresso não incluirá Estados e municípios.

Pina emprestou
110 obras em 2018

A Pinacoteca de São Paulo emprestou, em 2018, 110 obras para instituições internacionais e nacionais – bem mais que as 89 de 2017 e quase o dobro das 60 encaminhadas dois anos antes.

O MoMA de Nova York, o Mamba de Buenos Aires e a Fundación Juan Marchi, de Madri, são alguns dos endereços para onde foram os quadros do acervo da Pina.

A propósito, o prédio do museu, em apoio ao Outubro Rosa, fica iluminado até o fim do mês.

Embratur vai atrás
de turistas chineses

Gilson Machado, presidente da Embratur, viajou ontem para Macau, onde começará nesta segunda-feira o Forum de Economia de Turismo Global, que reúne na cidade nada menos que 89 países.

No horizonte, um simples número: 122 milhões de chineses viajaram ao exterior em 2016 – e esse número vai saltar par a 260 milhões em 2030. Desses, chegaram ao Brasil no ano passado nada além de 60 mil.

Plano promete abrir e fechar
empresas em 24 horas

Se der certo, vai ser uma revolução. Passou na Assembleia paulista o Plano Estadual de Desburocratização, que estabelece como meta resolver em um único dia os problemas de quem quer abrir ou fechar, no Estado, uma empresa de pequeno porte.Uma das normas do Empreenda Fácil impõe a obrigação de se resolver em 24 horas, nessas empresas, os processos de abertura, fechamento, licenciamento e outros ligados às suas atividades – e tudo online.

 

Tendências: