Estado e Prefeitura se unem

Sonia Racy

27 Fevereiro 2013 | 19h23

O conselho do Estado que rege as PPPs de Sáo Paulo acaba de aprovar parceria com a Prefeitura de Fernando Haddad para construir 21 mil habitações no centro expandido da cidade paulistana. “Nós vamos entrar com cerca de R$ 1,3 bilhão e a Prefeitura com R$ 400 milhões. A União entra também com o financiamento ao subsidio de baixa renda”, revela o vice governador Guilherme Afif.Tudo dentro do programa de Dilma, o Minha Casa, Minha Vida.
O acordo será assinado amanhã de manhã pelo governador Geraldo Alckmin e pelo prefeito Fernando Haddad na Sala São Paulo. Para depois serem abertas as licitações para iniciativa privada.