Estação chuva

Sonia Racy

03 de novembro de 2011 | 23h11

Prefeitura de São Luís do Paraitinga e Defensoria Pública chegaram a acordo sobre os R$ 500 mil recebidos para ajuda humanitária a favor das vítimas de enchentes no ano passado.

Os recursos serão rateados: R$ 350 mil para desapropriação de terreno onde se construirão cem casas; o restante será dividido entre 388 famílias atingidas pelas águas.

Chuva 2

A proposta, que precisa de homologação da Justiça, não põe fim à ação civil pública da Defensoria, que também prevê desassoreamento do rio Paraitinga.

Pede ainda pagamento de R$ 80 mil a cada família que perdeu a casa – mais danos morais. E outros R$ 10 milhões pela destruição do acervo histórico.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: