Espelho meu

Redação

18 de fevereiro de 2009 | 06h00

Eduardo Paes desistiu de liderar a Portela achando que o assédio da imprensa acabaria atrapalhando a sua escola do coração.

Mas a intriga corre solta. Há quem ache que ele amarelou ao saber que ia disputar os flashes com Luma.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.