Esclarecendo

Sonia Racy

03 de agosto de 2012 | 01h04

A proposta de Kakay para Cezar Peluso. O advogado defende que o ministro do STF seja o último a votar, para que possa ouvir seus pares antes de fazê-lo – já que, provavelmente, não estará presente nas discussões finais.

E se não der tempo de ele votar antes da aposentadoria, em 3 de setembro? “Não vota.”