Equipamento contra Abin

Redação

02 de setembro de 2008 | 14h25

Em meio ao mal-estar, à indignação generalizada e à situação delicada da Abin por causa dos grampos do STF, Gilmar Mendes tomou uma decisão. Acaba de dar seu aval para a compra de novos equipamentos de segurança interna para o Supremo. O objetivo é reduzir os riscos de que ouvidos alheios se intrometam nas comunicações dos ministros.

Por meio de licitação, ainda este mês, o STF escolherá as empresas que irão fornecer o novo sistema.

Vai adiantar?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.